SOU FORTE, SOU GUERREIRO, SOU BRASILEIRO!

SOU FORTE, SOU GUERREIRO, SOU BRASILEIRO!
Enquanto Houver Razões Eu Não Vou Desistir

sábado, 30 de maio de 2015

Posição do RN entre melhores pisos salariais do Brasil não esconde baixos salários da educação

O Estudo do Jornal gaúcho Zero Hora, que aponta os profissionais do Rio Grande do Norte como detentores do sexto melhor vencimento básico do Brasil precisa ser comemorado de olho na realidade dos fatos. O alerta é da Coordenadora Geral do SINTE/RN, professora Fátima Cardoso.
Para ela, esses números só podem ser comemorados quando comparados aos salários dos outros estados. “Quando a comparação é com os demais profissionais com o mesmo nível de escolaridade, a nossa dura realidade mostra a sua face. Mesmo estando nesse patamar no ranking do Zero Hora, os profissionais da educação do RN recebem em média metade dos salários das outras categorias com igual escolaridade”, lembra Fátima.
Para a coordenadora Fátima Cardoso, isso não significa negar a conquista, já que a comemoração deve servir como motivação para continuar lutando contra os baixos salários. “Notícias como esta, mostram que nossa luta vale a pena. Provam que nosso método de ação é mais eficaz. Ótimo! Mas que isso não nos tire o foco do horizonte a ser alcançado. Nossos salários ainda são a materialização da injustiça contra uma das categorias mais importantes na construção da riqueza material e imaterial do País”, lembra Fátima.
Por causa disso, a mira do SINTE/RN agora é a meta 17 do Plano Nacional da Educação(PNE). Essa meta determina a equiparação entre os salários dos educadores e demais categorias até o sexto ano de vigência do PNE.
O Sindicato está fazendo uma maratona de visitas aos municípios para que a medida seja implantada nos Planos Municipais e cobrando sua implantação no Plano Estadual de Educação.
Gilv@n Vi@n@

Nenhum comentário:

Postar um comentário