SOU FORTE, SOU GUERREIRO, SOU BRASILEIRO!

SOU FORTE, SOU GUERREIRO, SOU BRASILEIRO!
Enquanto Houver Razões Eu Não Vou Desistir

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

"JUVENTUDE, VALE A PENA LER!" - ESTUDANTES PARANAENSES SÃO EXEMPLOS DE ENGAJAMENTO POLÍTICO NA JUVENTUDE

Foto: Heinrich Aikawa/Instituto Lula

Foi no grêmio do Colégio Estadual Porto Seguro, no Paraná, que Brenda Letícia de Souza Silva se aproximou da política. Também em um grêmio estudantil, o jovem Jadson Brás Ferreira encontrou espaço para discutir e propor soluções para antigos problemas de sua escola. Mais do que o estado de origem, eles têm em comum um projeto: o Parlamento Juvenil do Mercosul – iniciativa que reúne estudantes do Ensino Médio de escolas públicas da Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela para discutir a formação política e cidadã da juventude.

Depois de uma disputa com 80 candidatos, Brenda foi escolhida representante do Paraná para a gestão 2012-2014. Ao longo de dois anos, conheceu cinco estados brasileiros e países como a Colômbia e o Uruguai, onde teve oportunidade de expor demandas e ideias a ministros da Educação de todo o Mercosul. “Nunca tinha viajado para fora do país. Estudar, ter contato com outra língua, fazer esse intercâmbio foi um aprendizado muito grande. Pude perceber que o Brasil tem educação de qualidade. Comparando com alguns países vizinhos a gente nota isso”. E completou: “Aqui a gente tem um diferencial, os jovens participam muito de tudo. Tem espaço para isso, ao menos”.

A estudante destaca que o principal benefício trazido pela iniciativa, no entanto, foi a mudança na maneira de encarar a política e a compreensão da importância da participação da juventude neste debate. “O jovem é o futuro, mas também é o presente. Essa visão de que o jovem o é bagunceiro, irresponsável só vai mudar se ele começar a participar, e a sociedade que esse jovem quer muda com a participação dele”.

Brenda se prepara para se despedir oficialmente do projeto este ano e se orgulha do legado construído. As 22 escolas de sua cidade, Paranaguá, contam hoje com grêmios estudantis, há projetos que ultrapassaram os muros das escolas e modificaram o bairro e a comunidade local, além do diálogo em casa, onde todos passaram a se engajar mais na política. “Do meu irmãozinho, que eu quero que conheça o grêmio e também o Parlamento, a minha avó, que gosta de política, mas não sabia bem como participar, todos estão envolvidos de alguma maneira”, finaliza.

O estudante Jadson Brás Ferreira, de 16 anos, assume em 2014 a representação do Paraná até 2016. Ele afirma que sempre se interessou por política, mas foi no grêmio da Escola Estadual Roberto Langer Junior, no Alto Boqueirão, que encontrou um espaço para debater e colocar em prática ações que levarão a resultados concretos. “Primeiro no grêmio, e depois no Parlamento, o que mais me chamou a atenção é que são escolhidas pessoas que têm uma mentalidade diferente em relação à política. Tem muita gente que acha que é política é balela, mas sempre tem gente boa que quer fazer a diferença”.

Ele acredita que o projeto derruba o mito que política, religião e futebol não devem ser discutidos. “Política você tem que discutir, é quase uma obrigação da juventude. Nesses dois anos a gente vai discutir sim. Quebrar esse tabu”. E completa: “Vou fazer o possível e conseguindo, vou fazer o impossível. Tem que estudar muito, batalhar muito, mas estou preparado pro desafio que vou encarar”.

Em julho, Brenda e Jadson estiveram com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no encontro do Partido dos Trabalhadores do Paraná. Em seu discurso, Lula citou os dois como exemplos de participação e protagonismo na política na juventude. 

Fonte: Instituto Lula

" A Juventude é sem dúvida nenhuma a esperança do nosso país, jovens conscientes que empunham constantemente suas bandeiras de luta em defesa da educação, da cultura, da liberdade e do Brasil!  Por isso se faz necessário que cada um de nós incentivo os jovens a se engajarem na vida política do país, só assim teremos futuros grandes políticos com idéias novas e sangue novo, EU acredito nos JOVENS!" - Eduardo Vasconcelos - Radialista e Blogueiro.

Beneficiário médio do Bolsa Família trabalha e família recebe R$ 170 de auxílio


Maior programa de transferência de renda do mundo, o Bolsa Família garante a permanência de crianças e adolescentes na escola, reduz a desnutrição e a mortalidade infantil, faz girar a roda da economia (para cada R$ 1 investido no Bolsa Família, o PIB cresce R$ 1,78) e abre inúmeras portas de oportunidades: 1,5 milhão de beneficiários matricularam-se em cursos de qualificação profissional do Pronatec e 1,7 milhão de famílias abriram voluntariamente mão do benefício, porque conseguiram melhorar de vida.

Clique na imagem acima para visitar o site

Mas a desinformação — proposital ou não — sobre o programa leva muita gente a acreditar que se trata de uma "Bolsa Preguiça" que sustenta pessoas que não trabalham. Duplo engano. O valor médio do benefício, de R$ 170,10 por família, é suficiente apenas para garantir a segurança alimentar e uma vida mais digna. Além diso, 75% dos beneficiários adultos do Bolsa Família estão no mercado. O problema é que, como no tempo deles não havia nenhum apoio do Estado, foram obrigados a abandonar os estudos quando crianças e hoje exercem atividades precárias, recebendo menos que o necessário para viver com dignidade.
Visite a página brasildamudanca.com.br/bolsafamilia/mitos  para desfazer os principais mitos que cercam o Bolsa Família, elogiado pela ONU e replicado em várias partes do planeta -- inclusive Nova York – mas ainda hoje vitima da desinformação e do preconceito.

Fonte: Instituto Lula

ROBINSON LIDERA PESQUISA DA CERTUS COM 51,56% DOS VOTOS VÁLIDOS



Henrique aparece com 48,44% das intenções de voto, em situação de empate técnico.

Por Diógenes Dantas
Robinson Faria (PSD) tem 51,56% dos votos válidos contra 48,44% de Henrique Alves (PMDB), aponta pesquisa da Certus divulgada hoje (22) pelo Blog do BG.
Na pesquisa estimulada, Robinson tem 43,84% das intenções de voto. Henrique tem 41,19%. Os dois candidatos estão em situação de empate técnico.
Brancos e nulos somam 11,26%, e indecisos totalizam 3,71%.
A pesquisa da Certus foi realizada entre os dias 18 e 21 de outubro, ouvindo 1.510 eleitores do RN.
A margem de erro é de 3% para mais ou para menos, e o índice de confiança é de 95%.
O registro no TSE é o BR-01156/2014, e no TRE é o RN-00045/2014.
Fonte: Nominuto.com

Robinson realiza última passeata da campanha em Mossoró

Uma multidão tomou as ruas de Mossoró nesta quarta-feira, 22, para acompanhar Robinson Faria na última passeata dele no município. O movimento, que partiu do bairro Santo Antônio, comandado pelo prefeito Francisco José Júnior com apoio dos vereadores e lideranças, mostrou a força das campanhas de Robinson e Dilma que seguem para mais duas grandes vitórias no próximo domingo, 26.
Robinson disse que não poderia deixar de vir a Mossoró para agradecer novamente pelo empenho da militância e a vontade da população de fazer mudança. Agradeceu a maioria que conquistou sobre o adversário e voltou a dizer que confia que a cidade vai lhe dar a vitória no segundo turno. “Tenho repetido todas as vezes que venho aqui que Mossoró será a fiel da balança na minha campanha, foi assim no primeiro turno e será assim no próximo domingo”, destacou.
Fonte: Robson Pires

Foto histórica em frente à Cinemateca reúne o cinema paulista para eleger DIlma dia 26

A turma do audiovisual brasileiro está engajada na campanha de reeleição da presidenta Dilma. PernambucoMInas Gerias, Goiás e agora São Paulo. O pessoal se encontrou em frente à Cinemateca Brasileira para mostrar a força e a união do povo. Um manifesto foi lançado na noite de segunda e já conta com mais de 1200 assinaturas, Todos juntos para reeleger Dilma no dia 26.

Fonte: mudamais.com

A UJS apresenta: 13 motivos para votar em Dilma - Assista o vídeo abaixo!

Ativistas da União da Juventude Socialista (UJS) aproveitaram a nova música da campanha de Dilma nessa reta final e fizeram um vídeo apresentando 13 motivos para votar em Dilma Rousseff. Quer saber quais são?
#1: Reforma política com participação social e combate à corrupção e à impunidade;
#2: Cotas sociais e raciais ns universidades públicas;
#3: Diálogo com a cultura popular e periférica;
#4: Políticas de combate à fome;
#5: Brasil Sem Machismo;
#6: Mais empregos e salários;
#7: Mais educação;
#8: Mais amor e menos Aécio;
#9: Mais FIES e ProUni;
#10: Copa das Copas;
#11: Mais Pronatec;
#12: Minha Casa Minha Vida
#13: Dilma é coração valente!
Fonte: mudamais.com

A UJS mostra 13 motivos para votar em Dilma

ORGANIZAÇÕES GLOBO E OS DOZE ANOS TENTANDO DESCONSTRUIR O PT - SEM CONSEGUIR !


É UMA VERGONHA, A FORMA PARTIDARIZADA, TENDENCIOSA E ANTIDEMOCRÁTICA COMO OS VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO DAS ORGANIZAÇÕES GLOBO (FAMÍLIA MARINHO) ATUAM.

Uma simples leitura do jornal impresso de hoje (23/10), dá bem a noção do esforço que fazem para tentar nessa RETA FINAL da campanha, reverter a tendência de queda de seu candidato (AÉCIO NEVES) nas pesquisas eleitorais e no momento que realmente importa, o da votação no próximo domingo.

Todos os editoriais, todas as manchetes, 99% dos colunistas e opiniões publicadas no jornal impresso de hoje, o que se repete no jornal ONLINE, atacam o PT e o governo Dilma, sobrando ainda para o ex-presidente Lula uma boa quantidade de tinta crítica ou pejorativa.

Durante os últimos DOZE ANOS fizeram isso. Durante os últimos DOZE ANOS anunciaram um CAOS na economia que não veio. Durante os últimos DOZE ANOS, interferiram nas eleições, como fazem agora, tentando derrotar LULA e DILMA e o PT.

Alardeiam o mensalão do PT, escondem o mensalão do PSDB, dão crédito à palavra dos corruptos que denunciam petistas, minimizam e tentam desqualificar o depoimento de corruptos que atacam os TUCANOS. Criticam LULA, a quem acusam de querer calar a imprensa, mas não dizem uma palavra sobre as denúncias de perseguição a jornalistas e jornais em Minas Gerais, perseguições essas, atribuídas à família de Aécio, e ao próprio Aécio Neves.

Deveriam ter a coragem de se declarar favoráveis a Aécio Neves. O apoio para a sua eleição, e o esforço DESCARADO, mas não assumido, para que isso aconteça, seria menos vergonhoso.

NADA PIOR do que uma EMPRESA de COMUNICAÇÃO que se diz neutra, atuar através de seus jornalistas, colunistas e editoriais, de forma PARTIDÁRIA e TENDENCIOSA.

A DITADURA DA DESINFORMAÇÃO PRATICADA PELAS ORGANIZAÇÕES GLOBO ENVERGONHA O BRASIL.  

Fonte: 007BONDeblog.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Novo Datafolha confirma: Dilma tem 52%, e Aécio, 48% dos votos válidos

Foto: Divulgação (Google)
Na preferência do eleitorado, Dilma avançou entre as mulheres e entre pessoas que recebem de dois a cinco salários mínimos; pesquisa mostrou também que brasileiros estão mais otimistas em relação à economia do país
Por Redação
Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira (22) mostra que os percentuais de votos válidos não mudaram desde o último levantamento: Dilma Rousseff (PT) permanece com 52% e Aécio Neves (PSDB) com 48% no segundo turno da corrida presidencial. Neste caso, são excluídos os votos brancos, nulos e os eleitores que se declaram indecisos, que é o mesmo procedimento utilizado para divulgar o resultado oficial pela Justiça Eleitoral.
Os candidatos estão empatados, no limite da margem de erro, que é de dois pontos para mais ou para menos. Se incluídos os brancos, nulos e indecisos, Dilma registrou 47% das intenções de voto e o tucano, 43%. Segundo o instituto, 82% dos eleitores da presidenta acham que ela será reeleita. Entre os eleitores de Aécio, 78% acreditam que o tucano sairá vencedor.
Na área social, a pesquisa confirma avanços da petista entre as mulheres, que tem a preferência de 47%, e no grupo das pessoas que recebem entre dois e cinco salários mínimos, com 45% de preferência.
O Datafolha apontou que os eleitores não estão mais tão pessimistas com a economia do país e essa informação ajuda a explicar a reação de Dilma na disputa do segundo turno. De acordo com a pesquisa, 31% acham que a inflação vai aumentar – esse índice era de 50% em setembro, e de 64% em abril. Com relação ao desemprego, 33% acham que vai ficar estável; 31%, reduzir; e 26%, aumentar. E ainda: 44% responderam que a economia do país vai melhorar; 33%, que vai ficar como está; e 15%, piorar.
O Datafolha também perguntou ao eleitor sobre a campanha eleitoral: 71% criticaram a agressividade dos candidatos. Para 36%, Aécio é o mais agressivo neste segundo turno e 24% acham que Dilma é a mais agressiva.
O levantamento ouviu 4.355 eleitores no dia 21 de outubro em 256 municípios e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01160/2014.
Fonte: Revista Fórum

TSE considera que Veja faz propaganda no rádio em favor de Aécio

Na peça, publicação da Abril afirma que o tucano vai tirar a Petrobras das mãos de uma “quadrilha”. A defesa de Dilma ainda conseguiu junto ao TSE a apresentação do contrato de compra do espaço da propaganda no rádio para contabilizar o tempo de veiculação ilícita favorável a Aécio
Por decisão do ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral, a Coligação Com a Força do Povo, da presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT), conseguiu uma limitar que obriga a revista Veja a retirar do ar uma propaganda no rádio que favorece a candidatura de Aécio Neves (PSDB). Na peça, a Veja afirma que Aécio vai tirar a Petrobras das mãos de uma “quadrilha”.
Em sua decisão, o ministro sustentou que examinou o áudio e entendeu que houve divulgação de conteúdo eleitoral na grade da programação normal do rádio, em desacordo com a regra contida no artigo 44, da Lei nº 9.504/97, segundo a qual a propaganda eleitoral nos meios eletrônicos restringe-se ao horário gratuito.
“A propaganda da Editora Abril, no trecho ‘Aécio Neves (…) promete tirar a Petrobrás das mãos de uma quadrilha’, incorre em propalar, de forma clara, discurso empreendido pelo candidato Aécio Neves sobre tema em voga e polêmico, que vem sendo o cerne das discussões entre os dois candidatos na disputa pelo cargo de presidente da República, tudo isso sob forma de divulgação da nova edição de sua revista”, entendeu o relator.
“(…) entendo que a transmissão dessa publicidade por meio de rádio, ou seja, de um serviço que é objeto de concessão pelo Poder Público e de grande penetração, desborda do seu elevado mister de informar, com liberdade, para convolar-se em publicidade eleitoral em favor de uma candidatura em detrimento de outra”, acrescentou Gonzaga.
De acordo com a representação de Dilma, a Veja fez uso de expediente semelhante em 2006. Na ocasião, a revista teria pago pela publicação da capa de sua edição em diversos outdoors para promover apoio ao candidato à Presidência do PSDB, Geraldo Alckmin. Naquele ano, o TSE determinou a retirada das propagandas.
A defesa de Dilma ainda conseguiu junto ao TSE a apresentação do contrato de compra do espaço da propaganda no rádio para contabilizar o tempo de veiculação ilícita favorável a Aécio. Com isso, pretende solicitar a perda do dobro do tempo na propaganda eleitoral em rádio a Aécio, como punição.
Fonte: Revista Fórum