SOU FORTE, SOU GUERREIRO, SOU BRASILEIRO!

SOU FORTE, SOU GUERREIRO, SOU BRASILEIRO!
Enquanto Houver Razões Eu Não Vou Desistir

segunda-feira, 30 de março de 2015

NOVA CRUZ/RN: MEMBROS DA DIREÇÃO DO PC DO B ESTADUAL REUNI-SE COM DIREÇÃO DO PC DO B DE NOVA CRUZ


 Lideranças do PC DO B Municipal entre Membros da Direção Estadual do PC DO B/RN

 A reunião terminou com um almoço fraterno entre os socialistas

 Moacir Soares e Denis
Hoje, 30 pela manhã Membros da Direção Estadual do PC DO B estiveram reunidos com o Presidente do PC do B de Nova Cruz, DAMIÃO GOMES DA SILVA, membros e convidados para discutirem a Reorganização do Partido no Município; Filiações; "Solenidade BEM VINDOS CAMARADAS"; Formação da Juventude; Mulher; Racismo, entre outros.

Os representantes do PC do B Estadual foram o Secretário Estadual de Movimentos Sociais, MOACIR SOARES e PAULO CÉSAR OLIVEIRA da Direção Estadual, além de José Gilberto da Silva e José Ferreira Lima, ambos da FETARN e as lideranças locais: Eduardo Vasconcelos, radialista; Severino dos Ramos Silva, liderança rural e Edmilson Gomes da Silva do Diretório do PC do B local.

Moacir Soares saudou os presentes e informou da necessidade da estruturação do PC do B em Nova Cruz e fez um convite a Eduardo Vasconcelos para fazer parte dessa restruturação do partido ao lado de Damião Gomes e Negão.  Damião Gomes concordou plenamente com Moacir.

Moacir Soares deu carta branca para que Damião Gomes; Eduardo Vasconcelos; Negão e tantos outros dirigentes iniciarem a luta na busca da organização, sugerindo que fortaleçam o partido agregando jovens, trabalhadores/as rurais. mulheres, artistas, etc a somarem nessa nova etapa do PC DO B.

Eduardo Vasconcelos sugeriu, que os primeiros passos seria: Solicitação ao TRE/RN (12º Zona Eleitoral - Nova Cruz) a Relação dos Atuais Dirigentes do PC do B e Filiados; Reunião com essa atual direção; Filiação; Solenidade BEM VINDOS CAMARADAS e Convenção Municipal até final de julho.  Ficando já marcado que a Solenidade "Bem Vindos Camaradas" será dia 8 de maio na Câmara Municipal de Nova Cruz/RN. Todos concordaram.

Damião Gomes,atual presidente do PC do B, deu total liberdade para que Eduardo Vasconcelos encaminhasse as ações acima aprovadas.

Moacir Soares voltou a elogiar o Eduardo Vasconcelos parceiro de longas datas do Movimento Estudantil e hoje no Movimento Sindical e que o futuro diretório fará um trabalho na busca do SOCIALISMO na cidade de Nova Cruz.

Após a reunião foi servido o almoço ao gosto da tradicional galinha caipira.

sábado, 28 de março de 2015

O QUE PENSAM OS SECUNDARISTAS: REDUZIR A MAIORIDADE PENAL NÃO É SOLUÇÃO

Estudantes que ocuparam a plenária da CCJ na última terça (24), explicam porque são contra a redução da maioridade penal
A redução da maioridade penal no Brasil, de 18 para 16 anos, que entrou na pauta da Câmara dos Deputados na última semana, segue mobilizando entidades sociais e de direitos humanos contrárias à PEC 171/93. Presentes na audiência pública que aconteceu na última terça-feira (24/03), na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ), os secundaristas expõem os motivos de serem contra a emenda que retornará como pauta única do colegiado nas sessões extraordinárias na próxima semana.
O tema polêmico que pode representar um retrocesso nos direitos básicos dos jovens adolescentes brasileiros precisa ser debatido. Essa é a crítica que o tesoureiro da UBES, Péricles Francisco, faz.
“Desde a década de noventa, o movimento estudantil faz campanha contra a restrição dos direitos individuais, mas enquanto uma grande camada da juventude das periferias sofre com a falta de acesso aos espaços públicos, aos teatros, o Congresso Nacional só pauta condenação. É preciso contrapor o conservadorismo, precisamos dar condições para o jovem viver. Só conseguiremos quando os parlamentares se atentarem à vulnerabilidade que essa juventude está submetida, quando passarem a discutir reformulação do ensino médio e políticas públicas como o passe livre estudantil”, declara Péricles.
Se aprovado na CCJ, o texto segue para análise de uma comissão especial e terá ainda que passar por duas votações no plenário da Câmara. Andressa Versa, diretora da UBES em Santa Catarina, também se posiciona contra a PEC 171/93.
“Reduzir a maioridade penal é criminalizar a juventude e nós não podemos deixar isso acontecer. A redução não vai solucionar o problema da criminalidade porque não atinge a raiz do problema, além de que todos os países em que houve redução não há diminuição na violência. Nós precisamos de investimento, de educação e oportunidades, sem investir na juventude não há mudança”, explica.
O assunto tem mobilizado as redes sociais, atos em escolas de todo país e protestos. Os secundaristas têm denunciado o risco da matéria, como esclarece a estudante Glória Silva, diretora da União dos Estudantes Secundaristas do Distrito Federal (UESDF).
 “Engana-se aquele que acredita que a redução resolverá o problema da violência, enquanto na verdade, somente 1% dos crimes no nosso país é cometido por jovens. A juventude não precisa ser mais criminalizada do que ela já é, na vida real, os jovens atingem a marca de 35% das vítimas, a maioria deles são negros a margem da sociedade, esquecidos nas periferias”, relembra Glória.
A presidenta da UBES, Bárbara Melo, relembra o argumento central contra a redução da maioridade penal. A líder estudantil aponta que, o que está é jogo é a responsabilidade do Estado em garantir oportunidades à parcela da juventude que, conforme palavra de ordem usada para expressar a oposição à PEC, precisa de “mais escolas, menos cadeias”.
 “Essa é uma tentativa de ‘desrresponsabilizar’ o Estado da proteção ao adolescente. Hoje já existem medidas socioeducativas aos menores, o que precisamos é investir nelas na perspectiva dos direitos humanos, para recuperar o jovem e não jogá-lo na marginalidade. Para nós, cadeia não é a solução, o que devemos investir é em educação!”, exclama Bárbara.
Suevelin Cinti, da Redação.
Foto: UOL

28 DE MARÇO, O DIA NACIONAL DE LUTAS DOS ESTUDANTES BRASILEIROS

Cada conquista leva um pouco do seu nome: Edson Luís, presente!
Quem nunca se esqueceu de alguma coisa importante ou não conseguiu se lembrar daquele dia marcante? Pois é mais normal do que parece… Afinal, a nossa história é feita do recorte de diversos fatos que, muitas fezes, fogem à memória. Com o movimento estudantil não é diferente. São muitos detalhes que nos escapam, e se não bastasse, na trajetória dos estudantes brasileiros ainda apareceu a tirania de uma ditadura que fez de tudo para apagar essa memória.
Por isso, o mês de março é simbólico para o movimento estudantil, quando acontece a já tradicional Jornada Nacional de Lutas. Esse é o período em que os estudantes brasileiros realizam atos e manifestações por todo país, culminando no dia 28, em homenagem a duas figuras marcantes para a juventude brasileira. Uma delas é o estudante secundarista Edson Luís, assassinado com uma bala no peito disparada por militares durante repressão a um protesto no restaurante universitário Calabouço, no Rio de Janeiro, em 1968. Edson reivindicava preços mais justos para a alimentação dos estudantes.
A Jornada lembra ainda a data de nascimento (em 1947) de uma das principais lideranças estudantis da história brasileira; o ex-presidente da UNE, Honestino Guimarães, preso, torturado e assassinado pela ditadura militar no Rio de Janeiro. Honestino, com seus anseios em mudar o Brasil e o mundo, continua um símbolo vivo para diversas gerações.

LEVAR ÀS RUAS NOSSAS BANDEIRAS

Há vários anos, a Jornada Nacional de Lutas vem sendo organizada anualmente pelas entidades estudantis com objetivo de intensificar a pauta por melhorias na educação, na cidade e no campo, no transporte público, pela reformulação do ensino médio.
Logo após completar 50 anos de ‘descomemoração’ do golpe militar e em plena disputa dos rumos da democracia brasileira, ao lado dos grêmios estudantis, UMES, UEES, UNE e ANPG, a UBES chega ao 28 de março de 2015 com um calendário preparado para ocupar as ruas em defesa do Brasil e por mais direitos. Os estudantes já estão tomando as avenidas do país para barrar a ofensiva conservadora e aprovar uma verdadeira reforma política e dar fim à corrupção e defender a democracia.
Às portas de uma grande mudança no sistema político brasileiro, a juventude enfrenta o Congresso Nacional mais conservador e limitado desde a ditadura militar. Não por acaso, hoje, entre as grandes lutas dos secundaristas está em impedir a redução da maioridade penal que tramita na Câmara dos Deputados.
Edson Luís, símbolo do tradicional calendário dos estudantes, segue vivo na memória da estudantada que caminha na vanguarda da resistência, em defesa dos direitos humanos e de todo povo brasileiro.
Cada conquista leva um pouco do seu nome. Edson Luís, presente!
Da Redação. UBES

XI CONAMES ELEGE ELAINE PRESIDENTA DA AMES E VIII CONANE/RN AMPLIARÁ SUAS BASES EM OUTRAS REGIÕES DO RN

 Elaine Gomes, eleita presidenta da AMES-NOVA CRUZ/RN
 Assessor da AMES, Eduardo Vasconcelos apresenta aos delegados do XI CONAMES o Grupo de Capoeira BOA VONTADE

 Comissão Pró Grêmios Estudantis nas Escolas de Nova Cruz
 Diretoria eleita da AMES no XI CONAMES: 2015/2017
 Rafael (Presidente do Grêmio do IFRN - Nova Cruz), eleito Vice Presidente da AMES
 Elaine Gomes dando as boas vindas aos CONGRESSISTAS
 Micaline e Geovanna - NUCA - Fazendo parte da mesa de abertura do XI CONAMES
 FOTO OFICIAL DO XI CONAMES

 Após o XI CONAMES diretoria eleita e Comissão Pró Grêmio reuniu-se para encaminhar pontos estratégicos


 Início do XI CONAMES 2015

 Apresentação do Grupo de Capoeira BOA VONTADE




XI Congresso da Associação Municipal de Estudantes Secundaristas - AMES - Nova Cruz/RN foi realizado com muito debate, discussão e Roda de Conversa.  A XI Diretoria eleita para 2015/2017 assume um compromisso de ampliar as lutas, principalmente com as criações dos Grêmios Estudantis em todas as escolas do município de Ensino Fundamental e Médio, um papel difícil em virtude da resistência de alguns diretores que não ver com bons olhos a constituição dos grêmios nas suas escolas, mas é direito e direito e direito tem que ser respeitado e para isso a AMES estará pedindo ao Ministério Estadual - ME/RN recomendação para que seja cumprido a lei.  No mais é os estudantes fortalecerem sua entidade e ir a luta por uma ESCOLA DE QUALIDADE, LAICA, PARTICIPATIVA e DEMOCRÁTICA, é isso que os estudantes querem, sem contar com a luta que será ampliada em 2015 em torno dos Campus da UERN e UFRN na Região Agreste, uma necessidade, mas acima de tudo um direito!  

A presidenta eleita, Elaine Gomes sabe da sua responsabilidade, mas sabe que os estudantes precisam engajar-se nas lutas futuras é o que todos esperam.  Reproduzimos a ata abaixo que resume como foi o XI CONAMES. (Extra Oficial).

- Ata do Décimo Primeiro (XI) Congresso  da Associação Municipal de Estudantes Secundaristas – AMES – NOVA CRUZ/RN.

- Aos vinte e oito dias do mês de março de dois mil e quinze (28/03/2015), deu-se inicio na Sala de Matemática da Escola Estadual Rosa Pignataro – Nova Cruz/RN, deu-se inicio as atividades do XI CONAMES-Nova Cruz/RN, com a palavra o Assessor da AMES-Nova Cruz/RN, Eduardo Vasconcelos oficializa o referido congressos explicando o que é a AMES, sua importância , seus objetivos e finalidade, concluindo que a AMES é a representação máxima dos estudantes de Nova Cruz, seja das escolas municipais, estaduais, estaduais, cursinhos e IFRN – Campus – Nova Cruz/RN.  Em seguida convida a alunos/as e ao mesmo tempo delegados/as do XI CONAMES para fazerem parte da Mesa Oficial do referido congresso, que é a seguinte: Elaine Justino Gomes – Diretora da ANE/RN e AMES; Rafael Miranda da Silva (Presidente do Grêmio Estudantil do IFRN Campus Nova Cruz/RN); Geovanna Freire Guimarães e Micaline Caroline Alves da Silva, ambas do NUCA (Núcleo de Participação e Desenvolvimento dos Adolescentes – Selo Unicef). A palavra facultada a mesa, Elaine Gomes dá as boas vindas aos congressistas, desejando-lhe um ótimo congresso. Com a palavra o Rafael Silva fala da importância do congresso e de sua experiência frente ao Grêmio Estudantil do Campus do IFRN de Nova Cruz/RN.  Em seguida com a palavra, o assessor, Eduardo Vasconcelos fala dos temas que serão discutidos e debatidos no referido congresso, que são: Educação; Cultura; Esporte/lazer; Grêmio Estudantil; Campanhas Contra a AIDS, Homofobia, Racismo e Violência Contra a Mulher, além das cartilhas que foram distribuídas entre eles (Se Liga no TOQUE (Pedofilia); Abuso Sexual Infanto-Juvenil e Basta de Racismo no Trabalho e na Vida).  Eduardo Vasconcelos informa que a AMES, está funcionado provisoriamente na Rua RENATO JOSÉ DE MELO, 129 – Bairro do Planalto – NOVA CRUZ/RN – CEP. 59.215-000.

Com relação ao tema educação após uma explanação feita pelo Eduardo de como era a educação antigamente, de como é hoje e que se pretende fazer para ter uma educação de qualidade, democrática e profissionais, foi aberto uma Roda de Conversa, onde foram colhidas várias propostas, como: Mais professores em sala de aula; Mais segurança nas escolas; Professores qualificados, trabalhando na sua área de formação e Fortalecer o Plano Municipal, Estadual e Nacional de Educação Brasileira.

Em seguida discute-se a cultura, onde foi estabelecido que a AMES fará um trabalho de legalização dos Grupos de Danças, Teatro, Capoeira, entre outros para que esses grupos elaborem seus próprios projetos e tenham liberdade para os executarem em parceria com órgãos públicos federais, estaduais, municipais e privados. Em seguida foi dado um pausa de 15 (quinze) ,minutos para o lanche, retornando em seguida com uma Apresentação Cultural com o Grupo de Capoeira BOA VONTADE da cidade de Nova Cruz, coordenado pelo professor, Geraldo.

Após a apresentação, Eduardo Vasconcelos falou das Campanhas que serão desencadeadas pela futura diretoria que será eleita a seguir para um manda de 02 (dois) anos: 2015/2017. Campanhas: AIDS/HOMOFOBIA/RACISMO e VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER e Trabalho Infantil.

Quanto aos Grêmios Estudantis foram distribuído apostilas “Saiba como criar um Grêmio Estudantil e a Lei Federal nº 7.398, de 04 de novembro de 1985.  Em seguida foi formada uma Comissão para encaminhar as suas fundações, organizações e eleições. Membros dessa Comissão aprovados pelos delegados presentes: LUAN DO VALE BARBOSA (E. E. Rosa Pignataro); ARIELY DO NASCIMENTO ROCHA (E. E. Rosa Pignataro); DANILO AMBRÓSIO DE LIMA SILVA (E. E. Alberto Maranhão); LARISSA OLIVEIRA DE JESUS (E. E. Alberto Maranhão) e KAREN CRISTINA DE OLIVEIRA (E. E. Alberto Maranhão).

Em seguida foi aberto espaço para inscrições e composições de chapas para a diretoria da AMES, apresentando-se apenas uma chapa composta por: ELAINE JUSTINO GOMES – Presidenta; RAFAEL MIRANDA DA SILVA – Vice Presidente; LEILA ALEXANDRE FREIRE – Primeira Secretária; MARIA DA CONCEIÇÃO DA SILVA – Segunda Secretária; JOCICLEIDE CESINO DA SILVA – Primeira Tesoureira; ALÍCIA ANDRIELLY MORAIS DOS SANTOS – Segunda Tesoureira; ADELSON TRAJANO – Diretor de Cultura; KÉSIA LUCAS DE OLIVEIRA – Diretora de Grêmios e ERIKA FAUSTINO PEREIRA – Diretora de Escolas Públicas.  Colocado em votação a Chapa Única foi eleita pelo unanimidade de votos pelos presentes.

Eduardo Vasconcelos retoma a palavra e fala da necessidade da AMES convocar um Congresso Extraordinário para REFORMULAR os seus Estatutos, colocada em votação sendo aprovada para que seja convocado o Congresso Extraordinário para o final de maio, com data a ser definida para este fim.

Em seguida a diretoria eleita agradece a confiança de todos/as prometendo e encaminhar todas a propostas aprovadas no XI CONAMES, mas pediu o engajamento de todos nas lutas que serão encampadas pela entidade, principalmente la Luta pelo Campus da UERN e UFRN na Região do Agreste Potiguar.  O Assessor da AMES, Eduardo Vasconcelos foi reconduzido ao cargo para atuar mais 02 (dois) anos assessorando a AMES.

Nada mais havendo a tratar Eu, ELAINE JUSTINO GOMES secretariei o presente congresso, lavrei e redigi a presente ata, que em seguida leio para os presentes, sendo aprovada pelos delegados presentes ao XI CONAMES, assino, juntamente como os demais.

sexta-feira, 27 de março de 2015

NOVA CRUZ/RN: I ENCONTRO DOS ADOLESCENTES ACOMPANHADOS PELOS PAIS/RESPONSÁVEIS SUPEROU AS EXPECTATIVAS!


 Participantes do I ENCONTRO DE ADOLESCENTES ACOMPANHADOS PELOS PAIS/RESPONSÁVEL
 Nelson assistido pelo CAPS - Depoimento emocionante
 Aluna da E. M. Nestor Marinho lendo a Cartilha Acompanhem a Vida Escolar dos Seus Filhos

 Adolescentes, Membro da Comissão Intersetorial e Estudantes do Curso de Assistência Social
 Cartilha ACOMPANHEM A VIDA ESCOLAR DOS SEUS FILHOS





  Aluna da E. M. Nestor Marinho lendo a Cartilha Acompanhem a Vida Escolar dos Seus Filhos

 Articulador do Selo Unicef, EDUARDO VASCONCELOS
 Novos adolescentes ingressos para o NUCA


 Luzimar Paixão (Força Jovem) e Rogério - Monitor

 Luzimar Paixão elogiando os adolescentes

 Equipe do Força Jovem
 Aryelma Marques - CAPS III
 EDUARDO VASCONCELOS "Vamos executar as ações em prol das crianças e adolescentes
 Estudantes do Curso de Assistência Social - UNOPAR
 Várias crianças e adolescentes participaram do encontro

 Palestrante, Fábio Bernardo - sexualidade

 Plenário da Câmara Municipal de Nova Cruz completamente lotada pelos adolescentes


 Criança lendo a Cartilha SE LIGA NO TOQUE!

 Criança lendo Revista Abuso Sexual Infanto-Juvenil


 Palestrante, João Bosco - Tema: Drogas

 Profissionais do Força Jovem
Aryelma Marques (coordenadora) e Nelson (assistido)- CAPS

Hoje, 27 pela manhã no Plenário da Câmara Municipal de Nova Cruz/RN a Comissão Intersetorial do Selo Unicef 2013/2016, CMDCA e NUCA promoveram o I Encontro dos Adolescentes Acompanhados Pelos Pais ou Responsáveis com a participação de 60 (sessenta) adolescentes das Escolas Municipais: Nestor Marinho, Pereira Matos, Deputados Márcio Marinhoa e das Escolas Estaduais: Rosa Pignataro, Alberto Maranhão e Djalma Marinho e alguns pais, responsáveis, professores e profissionais da saúde, assistência social e educação. 

O Articulador da Comissão Intersetorial, Eduardo Vasconcelos abriu o encontro agradecendo as presenças de todos, fez um breve relato das ações da comissão e do NUCA em seguida passou a palavra para os profissionais da assistência social, O psicologo , FÁBIO BERNARDO e MARILEIDE OLIVEIRA, cujo tema foi: Sexualidade. Após a palestra foram feitas dezenas de perguntas pelos adolescentes e logo em seguida foi a vez da palestra sobre DROGAS com o Enfermeiro,. JOÃO BOSCO FILHO e a Coordenadora do CAPS III, Aryelma Marques Sousa, também houve bastante perguntas inscritas pelos adolescentes, houve também um lindo depoimento de um assistido pelo CAPS, Edson Repentista que fez um depoimento emocionante e ao mesmo tempo agradecendo ao CAPS III pela assistência e profissionalismo de todos que ali trabalham.

Na II Etapa do Encontro,  o Articulador da Comissão Intersetorial, Eduardo destacou 03 (três) temas importantes através de cartilhas que foram distribuídas  aos presentes, que foram: SE LIGA NO TOQUE! (Gibi de Informação a Violência Contra as Crianças); Abuso Sexual Infanto-Juvenil e Acompanhem a Vida Escolar dos Seus FILHOS (material doado pela Gráfica do Senado Federal e MEC), onde todos leram e a última cartilha (Acompanhem a Vida Escolar dos Seus FILHOS) foi lida pela a aluna da Escola Municipal NESTOR MARINHO, EMANUELE DA SILVA SOUZA.

As propostas dos adolescentes serão induzidas no relatório/documento que será elaborado pela Comissão Intersetorial, onde servirá para nortear futuros debates e também serão levadas para o conhecimentos das secretarias envolvidas no tema, como para o Prefeito, CID ARRUDA.

Pontualmente as 11 horas encerrou-se o evento  e em seguida todos pousaram para a foto oficial do evento, recebendo os seus CERTIFICADOS.