SOU FORTE, SOU GUERREIRO, SOU BRASILEIRO!

SOU FORTE, SOU GUERREIRO, SOU BRASILEIRO!
Enquanto Houver Razões Eu Não Vou Desistir

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Luciana Santos discursa na Câmara como nova presidenta do PCdoB

LUCIANA SANTOS - PC DO B/RN, eleita Presidenta Nacional do PARTIDO
“E, agora, me honra muito a responsabilidade de fazer jus a esse glorioso legado do Partido Comunista do Brasil”, disse a deputada em discurso na Câmara.
“Nesses quase 100 anos, o sentimento que nos moveu foi o sentimento por justiça e liberdade, o sentimento de que o Brasil tem jeito, o sentimento por um Brasil mais solidário”, declarou a deputada, destacando a trajetória do ex-presidente do Partido, Renato Rabelo, “um líder respeitado no campo político e progressista.”
“Nesses 13 anos, nunca cometeu nenhum erro estratégico. Zelou pela unidade e pela democratização interna do partido. Hoje, nós temos mais de 300 mil filiados, mais de 100 mil militantes, existimos nas 27 unidades da Federação, com presença em mais de dois mil municípios. Somos também o partido dos movimentos, da luta de ideias e das frentes de massa”, anunciou a líder comunista.
“Nós somos um partido capilarizado na luta de massas. Isso, sim, é que deveria ser critério da cláusula de barreira”, discursou a deputada, destacando a atuação do Partido nos movimentos estudantil, de mulheres, de negros, indígenas, LGBT e na luta em defesa das conquistas e dos direitos dos trabalhadores.
“E, agora, me honra muito a responsabilidade de fazer jus a esse glorioso legado do Partido Comunista do Brasil”, disse ainda a deputada para, em seguida, recitar o poema de Pablo Neruda, que, segundo ela, retrata bem o significado do Partido Comunista do Brasil: “Fizeste-me ver a claridade do mundo e a possibilidade da alegria. Tornaste-me indestrutível, porque, graças a ti, não termino em mim mesmo.”
Revolucionário e socialista
A nova presidenta nacional do PCdoB, deputada Luciana Santos (PCdoB-PE), discursou, na noite desta segunda-feira (1º/6) no plenário da Câmara, para anunciar o resultado da 10ª Conferência Nacional do PCdoB, , que aconteceu nesse final de semana, em São Paulo. “Venho aqui para celebrar que, nesses 93 anos de história, nós tivemos 60 anos na clandestinidade e 30 anos de tempo contínuo de legalidade, todos eles marcados pela ousadia, pelo vanguardismo e pela combatividade.”
 Agência Câmara
 Mais cedo, outros parlamentares do PCdoB usaram a tribuna da Câmara para registrarem a eleição de Luciana Santos à Presidência do Partido. A deputada Jô Moraes (PCdoB-MG), ao defender o fortalecimento dos partidos políticos dentro da proposta de reforma política, anunciou que “o PCdoB é um partido revolucionário. O PCdoB quer superar o capitalismo. O PCdoB quer construir uma sociedade socialista de igualdade.”
E acrescentou: “ Mas o PCdoB compreende que tem que realizar essas alternativas a partir da construção da realidade concreta do Brasil. E é exatamente por isso que, quando a Luciana Santos tomou posse, ela reafirmou que a esperança e o caminho para a felicidade era construir um país desenvolvido”, disse a deputada.
Jô Moraes foi seguida pelo deputado Chico Lopes (PCdoB-CE), que reafirmou que “nós continuamos defendendo o socialismo como o melhor sistema político-econômico para a humanidade. E a nossa insígnia, a nossa luta, vai ser: Frente Ampla em Defesa do Brasil e do Desenvolvimento da Democracia.”
Para o deputado, “reclamações tanto da Oposição como da Situação são legítimas, mas nós devemos pensar em como sair desta embrulhada econômica na qual nos metemos, porque a queda do Brasil, o fracasso do Brasil, é do povo brasileiro. Então, a Oposição e a Situação podem fazer oposição ao Governo, mas não ao País”, concluiu Lopes.
Fonte: RENATO RABELO

Nenhum comentário:

Postar um comentário