SOU FORTE, SOU GUERREIRO, SOU BRASILEIRO!

SOU FORTE, SOU GUERREIRO, SOU BRASILEIRO!
Enquanto Houver Razões Eu Não Vou Desistir

sábado, 18 de abril de 2015

Camargo Corrêa pagou R$ 110 mi em propina, diz vice-presidente

Eduardo Hermelino Leite fez um acordo de delação premiada na Lava Jat

 
O vice-presidente da Camargo Correia, Eduardo Hermelino Leite, admitiu o pagamento de R$ 110 milhões em propina no esquema de corrupção da Petrobras. A declaração, feita em esquema de delação premiada e divulgada pelo Ministério Público Federal (MPF), afirma que deste total, R$ 63 milhões foram para Renato Duque, ex-diretor de Serviços da estatal, e R$ 47 milhões a Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento. Os valores foram pagos entre 2007 e 2012.

Leia mais notícias em Política
De acordo com o delator os contratos a Petrobras não eram superfaturados e que as propinas eram inseridas depois por meio de aditivos em contratos de obras da Refinaria de Araucária (Repar), no Paraná, na Refinaria de Abreu e Lima (Rnest), em Pernambuco, e na Refinaria Henrique Lage (Revap), um São Paulo.

Ele afirmou ainda que o custo da propina já fazia parte do planejamento da empresa.

Fonte> Correio braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário